O ENCONTRO PERFEITO

O encontro, para que seja perfeito, profundo, necessita de três momentos: ir, ver, permanecer. Esse ensinamento é do próprio Jesus, Aquele que pode nos proporcionar um encontro que jamais iremos esquecer. Jesus, que nas palavras de João, foi ao encontro de dois homens, aproximou-se deles e os chamou para “irem ver o que de fato Ele fazia, onde morava e como vivia”.

Vivemos hoje uma forte crise de identidade. Muitos de nós perdemos o senso de humanidade, pois os encontros que fazemos nos veem como máquinas que produzem, que vendem, que fazem. O “encontro perfeito” vê o jovem diante do que ele é. Do que ele sonha. Do que ele tem como dom, talento, criatividade, desejo…

Encontrar-se com Jesus é ir em busca desse tesouro. É por isso que o encontro com o Mestre enriquece o seu ser, e não o seu ter. Onde está o seu tesouro? No encontro perfeito, descobrimos o nosso tesouro escondido: a VOCAÇÃO,  a missão que Deus a mim confiou e me chama.

Do encontro perfeito nasce a nossa vocação: aquele alguém que encontramos fará com que renunciemos a tudo o que trouxemos até aqui, e nos colocará num novo caminho.

Fonte: FRT. Dione Afonso, SDN, Revista  O Lutador

Deixe um Comentário

0 Comentários.

Deixe um Comentário


NOTA - Você pode usar estesHTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>